Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aventuras de um português na Alemanha

Em memória da atriz brasileira Beatriz Segall...

 Hoje faleceu uma grande atriz que todos os que vimos telenovelas na década de 90 nos recordamos com saudade. Quem não se lembra por exemplo da personagem Dona Odete em "Vale Tudo". Vejam o vídeo, em sua memória, mas também pelo retrato perfeito que ela faz de uma determinada mentalidade no Brasil, mas que também podia ser o retrato em algumas vertentes da forma de pensar em Portugal. Tem quase 30 anos, mas hoje é tão atual como na altura.

 

Portugal vs Alemanha

Nas últimas semanas algumas pessoas em Portugal à procura de novas oportuniddes na Alemanha têm-me contactado, no sentido de saber o que se pode esperar para quem quer emigrar. Ao contrário do que a comunicação social em Portugal tem tentado mostrar, nem tudo é o mar de rosas pintado por muitos jornalistas que induzem em erro aqueles que procuram emprego, e outras condições que infelizmente Portugal não pode oferecer no presente. Isso não significa no entanto que essas oportunidades não existam. O que é necessário é estar atento aos riscos quando se decide embarcar em novas aventuras. Deixo aqui algumas diferenças culturais, de mentalidade, e de vida prática entre a Alemanha e Portugal:

  • Na Alemanha trabalha-se metodicamente, quase tudo é planeado. Em Portugal trabalha-se mais ao nível do improviso. Ambas são boas, mas para quem chega às vezes é difícil a adaptação.
  • Chegar atrasado a uma reunião na Alemanha é falta de educação. Deve-se sempre tentar pelo menos avisar caso não se consiga cumprir o horário.
  • Falar Alemão é fundamental para arranjar emprego na Alemanha. Tirando alguns casos, os Alemães não só fazem questão de falar a sua língua, como exigem por norma a quem contratam. Na maioria dos departamentos públicos, como os centros de emprego, existem directrizes para apenas falar Alemão, mesmo quando sabem Inglês.
  • Os Alemães começam por norma a trabalhar às 8 ou 8.30. Por norma trabalham 8 horas por dia. À sexta-feira sai-se às vezes um bocado mais cedo do trabalho. Não são um povo de fazer muitas horas extra, mas se há prazos para cumprir, são para cumprir.
  • Os dias de férias para um trabalho qualificado são por norma 30 dias/ano, embora legalmente sejam no mínimo 24 dias.
  • Os Alemães gostam em geral do Povo Português. Acham um povo simpático e competente, embora desconheçam  em detalhe o País e a nossa cultura. A maioria dos Alemães nunca visitou Portugal, embora viagem constantemente para Maiorca.
  • Os bens de primeira necessidade na Alemanha são tão caros ou até mais baratos que em Portugal. Para 1 pessoa, 1000 euros mensais dão para sobreviver. Os serviços (cafés, restaurantes, cabeleireiros, etc..) são muito mais caros quem em Portugal, o dobro em geral.
  • Um salário médio para um licenciado varia de região para região, mas em geral são entre 1500 e 2200 euros mensais limpos. Não existe 13. e 14. meses. São 12 meses de salário e negociados normalmente brutos. Normalmente retira-se 40% do salário bruto para dar o líquido.
  • Os Alemães são em geral, e ao contrário do que se pensa, um povo simpático, mas de difícil integração. Gostam dos que se esforçam por falar Alemão e são comunicativos. Não gostam de quem vive em guetos sociais (principalmente turcos).
  • Alugar um quarto na Alemanha custa entre 180 e 400 euros, e um T1 entre 450 e 600 euros mês. Isto inclui por normal água e aquecimento, excepto electricidade.

 

Uma palavra para dizer que a nível de profissionalismo, nós Portugueses temos competências tão boas e até em alguns aspectos melhores que os Alemães. No entanto, os Alemães gostam do "made in Alemão" e por isso um Português para vingar tem de se ultrapassar por forma a ser reconhecido inicialmente. Quem para aqui quiser vir viver, tem de estar disposto dar o máximo.

 

Espero ter ajudado a esclarecer algumas dúvidas. Como disse, existem muitas oportnidades na Alemanha para trabalho. No entanto, é preciso mostrar que se tem competências e perfil para esses trabalhos, pois os Alemães não aceitam o primeiro que aparecer, só porque precisam de trabalhadores. De resto, a vida aqui é razoavelmente agradável (embora falte o sol, o nosso mar e o pastel de nata ; )

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tempo