Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aventuras de um português na Alemanha

Ich hätte gerne einen... galão!

galao-300x277.jpgO galão está a invadir a Alemanha, literalmente. Por inacreditável que pareça, o típico café com leite servido em copo longo de vidro tem vindo a ganhar fama por estes lados, principalmente nos últimos 6 meses, pelo menos em Frankfurt. Se até há bem pouco tempo apenas os termos italianos eram encontrados nos cafés alemães, o interesse pelo galão tem aumentado tal forma que já é destaque Gourmet em muitos cafés alemães. Não estamos a falar de cafés "tugas". Alguns colegas alemães chegam a perguntar-me o que é que o galão tem, mas eles parece gostarem. Cappucino, Latte Machiatto, e agora... Galão, com a descrição "portugiesischer Kaffee mit Milch". O made in Portugal está lá, e já não é o primeiro que vem ter comigo cheio de orgulho a dizer... Hoje bebi um "galau" (como eles pronunciam), com um sorriso nos lábios.

Espero que este sucesso não seja mais uma vez estragado por chicos espertos que inventem galão em chávena, ou galão em copo xpto... Galão é servido em copo do mais banal, e assim deve manter-se. E espero também que não digam que o galão foi inventado em Lisboa, tal como se tentaram apropriar do pastel de nata.

Mas os alemães estão rendidos a esta bebida tipicamente portuguesa! Já que somos nada economicamente, pelo menos que nos valha a cultura. :)

O sabor do verdadeiro café

Hoje tive uma experiência única num café em Frankfurt, melhor dizendo, uma loja de moagem de café.

Recomendado por um amigo, lá fomos experimentar esse tal espaço. Chegados lá, apenas uma mesa - enorme -  para umas 8 pessoas. Para alem disso apenas dois bancos corridos, umas almofadas perto da janela e mais nada. Ao fundo uma máquina gigante de moer café.

Pedimos... eu um espresso com café do Brasil, o Diogo um café de filtro. Preço: 2.40€ pelo espresso, o mais caro que até hoje paguei. O café veio, e pedi açucar à rapariga que nos serviu, ao que respondeu: "Não temos açucar aqui na mesa, apenas lhe trago em último recurso". Fiquei pasmado, eu que bebo sempre açucar com café, em vez de café com açucar. Ao meu ar de espanto ela sorriu e disse: "Experimente, vai ter duas sensações, a primeira do sabor suave do aroma, e no final vai sentir um sabor mais agre. Se não conseguir, dou-lhe então açucar".

Como raramente disse não a um desafio, lá fui eu tentar o café mais caro da minha vida... e sem açucar. O resultado foi uma experiência única... experimentei essas duas sensações em 4 goles. Valeu a pena... mas acho que amanha regressarei ao meu café com muito açucar.

Ficou a fotografia para mais tarde recordar o que foi uma agradável surpresa de sabor do café.

cafe_ffm.jpg

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tempo