Segunda-feira, 6 de Outubro de 2014

Der Fall des Heiligen Geist

Normalmente Portugal costuma ser relativamente ignorado nos média alemães. Exceto algumas pequenas notícias, Portugal não é uma fonte interessante de notícias para os Germânicos. Somos para eles um povo simpático, boa comida, sol... e falido. No entanto, nem mesmo para falar de falência se referem muito a Portugal: falam sempre da Grécia, Espanha, Itália e numa segunda liga Irlanda e Portugal.

Foi assim durante os últimos anos com a crise na zona Euro. Uma notícia aqui e ali, mas pouco mais, normalmente apareciamos nas estatisticas.

No entanto, há um caso que mereceu grande destaque na imprensa Alemã (e não só): o escândalo BES. Numa primeira fase claro que o que despertou foram as consequências nos mercados internacionais da "nacionalização". Mas as notícias não pararam aí... Os média Alemães ficaram curiosos com a dimensão do tentáculo dos Espírito Santo. Um pouco como surpreendidos como é que um pequeno banco à escala Europeia tinha tantos interesses e influência no mundo, desde o Luxemburgo a Angola, Líbia e Dubai, Miami e Venezuela. Num jornal aqui havia um artigo interessante chamado "Der Fall des Heiligen Geist" - traduzindo "A queda do Espírito Santo", onde se falava do poder dos Espirito Santo e das desavensas familiares que levaram ao descalabro do banco.

Admito que eu há 3 meses se me perguntassem a ordem de falências em bancos portuugeses diria Banif, Montepio, BCP, BPI, e ficaria por aí. BES nunca... Mas uma coisa que não me surpreendeu foi o fato de que de "Espírito Santo" este grupo tinha pouco. Não tenho nenhuma "inside information", mas por tudo que lia desde há anos na comunicação social viamos que o GES estava sempre envolvido em coisas menos claras: da ESCOM há mais de 10 anos que se falava em tráfico de armas, de diamantes, etc... Do poder do Ricardo Espírito Santo e do seu poder tambem. Não sabia da história do DDT (Dono Disto Tudo), mas lembro-me de seguir na altura a OPA falhada da Sonae e de ouvir o Belmiro de Azevedo falar de coisas esquisitas que se passavam... BES, PT, Ongoing... tudo ligado.

Nunca tive conta no BES, e fico com pena da queda de um grupo Português com história e importância. A ganância de uns às vezes faz disto... Fico também triste por mais uma vez Portugal ser notícia internacional (WSJ, FT, etc etc) por más razões.

O positivo foi que desapareceu um tentáculo que de alguma forma minava a nossa economia. Se dava com uma mão (financiamento à economia), tirava com a outra e com os pés... corrupção, compadrio. E ao acabar, a sociedade fica mais livre de mais um polvo. Ainda ficam outros (sociedades de advogados, por exemplo), mas de mais um livrámo-nos (depois da queda do Jardim Gonçalves e agora da PT).

Uma coisa me intrigou no entanto: com este escândalo todo, porque é que a maioria dos políticos e comentadores evitam falar do nome Ricardo Espírito Santo? Será que têm medo dele? Será que têm rabos de palha? Porque pelo mesmo tipo de comportamento crucificaram, usaram e abusaram do antigo "big boss" do BPN. Batem todos os dias na CMVM e no Banco de Portugal, mas no ex-DDT nix, nadie, rien... E por incrivel que pareça, dos únicos que publicamente se distanciou foi o Primeiro Ministro. Alguma esperança que se calhar se pode liderar o país e combater lobies. Honra lhe seja feita pelo menos nisso.

Para terminar, uma nota... Será que seria possível manter no futuro o Novo Banco em mãos de Portugueses? É que me deixa triste uma após uma as empresas portuguesas deixarem de o ser. Porque o coração ainda manda, e se nao for este a a decidir, entao fica apenas a razão, e esta manda as empresas para onde os acionistas querem e são mais eficientes. Foi assim com a Cimpor, foi assim com o Totta, foi assim com a PT, e será assim com muitas outras. E sem empresas nacionais, não há economia Portuguesa que sobreviva e seja realmente competitiva internacionalmente.

sinto-me:
publicado por bruno@deutschland às 08:29
link do post | comentar | favorito
|

...in Deutschland

pesquisar

 

Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Der Fall des Heiligen Gei...

arquivos

Janeiro 2016

Novembro 2015

Setembro 2015

Junho 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Julho 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Abril 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Maio 2008

Março 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Porque paguei eu para vot...

links

tempo

Visitantes


Visitors Counter

subscrever feeds