Segunda-feira, 30 de Maio de 2011

Votar no estrangeiro...missão impossível

Portugal é o país do famoso Magalhães, orgulha-se de ter velocidades de internet a fazer inveja aos meteoritos, tem o simplex, tem uma rede multibanco do mais avançado do mundo. Mas quando se fala de votar... só pode ser na sua freguesia (dizem eles).

Estando na Alemanha, não poderei dia 5 ir a Portugal votar. No entanto, como a minha ausência é porque tenho a LatitudeN como empresa alemã, não estou abrangido pelo voto por correspondência. Teria duas hipóteses, segundo o consulado: ir a Portugal, ou então registar-me na embaixada 60 dias antes das eleições, e votar aí por dois miseros deputados pelo círculo da Europa.

Caso alguém com influência leia este post (ok, excluo a minha mãe, o meu pai, a minha irmã, que já o seguem), sugiro algumas medidas simples, repito, simples, de permitir aos Portugueses exercerem o seu direito de voto:

1 - Permitir a qualquer cidadão português com residência em Portugal poder votar por correspondência, caso não esteja no seu local de residência. Isto tanto se aplica a mim, que estou na Alemanha agora, como a um cidadão do Porto que foi de férias para o Algarve. Só a título de exemplo, aqui na Alemanha, quando há eleições, todos os cidadãos têm a possibilidade de escolher votar por correspondência, em qualquer circunstância.

2 - Para os mais adeptos fervorosos das novas tecnologias, introduzir o voto eletrónico. Agora com o cartão de cidadão, e usando passwords protegidas, acho que seria de pensar introduzir este método. Simples, não? E não acredito que a fraude fosse um problema.

 

Conclusão, nas estatísticas do próximo dia 5 eu vou fazer parte dos "malandros" que se abesteram. Pois bem, isso assim é, porque não me dão hipótese minimamente aceitável para votar.

 

PS (salvo seja): Não votem Sócrates! Votem em branco, preto, MRPP, PCP, BE, PSD, CDS, ou no tiririca... Mas não gostaria de continuar a passar vergonha na Alemanha quando digo que sou Português. Como dizia uma política em Portugal, o Sócrates, nem na oposição. Ele que vá fazer um curso de novas oportunidades quando sair do Governo ;)

sinto-me:
publicado por bruno@deutschland às 09:30
link do post | comentar | favorito
|

...in Deutschland

pesquisar

 

Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Fim de Ano nos Alpes

A Geração Rasca a aparece...

Ich hätte gerne einen... ...

Porque paguei eu para vot...

A Europa num mundo cor de...

Viagem pelo maravilhoso m...

Para onde caminha o jorna...

Porque não sou Charlie...

Quem está a matar o paste...

O sabor do verdadeiro caf...

arquivos

Janeiro 2016

Novembro 2015

Setembro 2015

Junho 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Julho 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Abril 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Maio 2008

Março 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

tags

todas as tags

favoritos

Porque paguei eu para vot...

links

tempo

Visitantes


Visitors Counter

subscrever feeds